quarta-feira, agosto 26, 2015

O PRÍNCIPE VOLTOU A BOSTEJAR

O PRÍNCIPE VOLTOU A BOSTEJAR

1.       Estamos vivendo uma crise econômica sem precedentes? Não sei. Eu mesmo, em minha curta existência, já vi piores. Todavia, diferentemente das crises enfrentadas por FHC, não há endividamento externo e as instituições financeiras não quebraram, há programas sociais em andamento e funcionando.
2.       A tese defendida por alguns próceres do PSDB, de apear Dilma do poder para colocar Temer em seu lugar, é a farsa, repete o momento histórico no qual Collor caiu e Itamar entrou em seu lugar.
3.       É o modus operandi do PSDB para entrar no Palácio do Planalto.
4.       FHC , taxativamente, declara que o sistema político brasileiro fracassou. Ou seja, ele não tem nada a ver com isso: não comprou nenhum deputado para aprovar sua reeleição, não loteou cargos públicos, não fez governo de coalizão, não engavetou processos em sua gestão, não tem nada a ver com a Privataria Tucana, à margem do limite da irresponsabilidade, etc.
5.       Numa coisa FHC acertou: a economia tem seus próprios ciclos.
6.       Leio alguns críticos do Governo defendendo a greve nas universidades e do funcionalismo público. São os mesmos que batiam nessas categorias no governo peessedebista, quando o funcionalismo público ficou oito anos sem reajuste salarial.
7.       Não há consenso do PSDB acerca do impeachment: tem medo da pecha de golpista.
8.       O golpe esta em andamento: Gilmar, Cunha, Aécio. Diga-me com quem andas e direi quem és.

9.       No mais, podem dizer e escrever o que quiseram. Entretanto, Dilma não tem fazenda em Buritis, apartamento em Higienópolis que não condiz com a renda de um professor universitário e apartamento na Avenue Foch em Paris (que ele diz que não é dele). 

CELSO GOMES