quinta-feira, setembro 02, 2010

Quebra de sigilos

Continua a apelação sobre quebra de sigilos


Publicado em 01-Set-2010 no blog do Zé Dirceu

Já está mais do que esclarecido que não foi uma ação política...

Já está mais do que esclarecido que não foi uma ação política, e sim criminosa, a quebra de sigilos fiscais - e vazamentos para a mídia, em alguns casos. A irregularidade atingiu não apenas a filha do presidenciável, José Serra (PSDB-DEM-PPS), empresária Verônica Allende Serra e outros quatro tucanos próximos ao candidato, mas diversas outras personalidades, entre as quais a apresentadora de TV Ana Maria Braga e membros da família Klein, dona das Casas Bahia.



Os resultados da apuração - já transmitidos ao presidente Lula, segundo informam os jornais - indicam que o empresário José Carlos Cano Larios, marido de Ana Maria Caroto Cano, uma das funcionárias da RF-Mauá investigadas, é proprietário de duas empresas de contabilidade que recorriam à servidora para agilizar processos dentro da Receita.



Esta revelação foi feita por Ilson Loureiro de Paula, seu sócio nas duas empresas, a Contábil Caroto e a Consultec. Ilson disse à Folha que ligava para Ana Maria e pedia mais agilidade na tramitação de processos. Outra funcionária da delegacia fazendária de Santo André (região do ABCD paulista), Lúcia de Fátima Gonçalves Milan, confirma haver uma procuração reconhecida em cartório de Verônica que autorizava o portador a retirar cópias de suas declarações de renda entre 2007 e 2009.



Mas, como escrevi ontem aqui no blog, a oposição - Serra à frente - continua explorando o assunto em busca de sensacionalismo e escândalo. Com apoio da mídia, montou uma farsa em torno do caso e continua a usá-lo para fazer campanha eleitoral negativa.



<$BlogItemTitle$>

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home