quinta-feira, agosto 03, 2006

DE HOMERO AOS ELEATAS - PARTE IV

A Escola Jônica Nova:
Após a destruição de Mileto pelos persas, a Escola Jônica Nova prosseguiu os trabalhos dos filósofos milésios em outras cidades gregas. Esses novos representantes dessa escola, tematicamente, não se limitaram ao princípio primordial das coisas, incluindo em suas preocupações o exame das causas transformadoras da natureza, ou seja, das leis naturais. Em certo sentido, ao eleger esse estudo, afastaram-se da visão animista, mágica e mitológica do universo que predominava entre os gregos.
Nos textos que virão abaixo, exporemos um pouco acerca de seus principais filósofos, começando com Heráclito de Éfeso.

Heráclito de Éfeso:
Nascido em Éfeso em 535 a.C., cidade da Jônia, Ásia Menor, era originário da nobreza que, em seu tempo, havia sido alijada do Poder. Talvez este fato nos ajude a entender sua aversão à massa popular. Faleceu em 475 a.C. Escreveu um livro chamado: Sobre a Natureza, que se divide em três discursos: Do Universo; Da Política; e Da Teologia, cujos fragmentos, que chegaram até nós, possuem o aspecto de afirmações orais, expostas de forma concisa. Como essência do Uno e elemento primordial, Heráclito elegeu o fogo, que é também “logos”. Para ele, esse “logos”, que é divino, tudo organiza. O “logos” heraclitiano se mostra e se esconde, se desvela e se vela como uma lei organizadora, a tudo comanda em forma dialética cujas direções contrárias denominamos antropomorficamente de concórdia e discórdia. Contrapondo-se a Anaximandro, nesse fluir habita uma harmonia de contrários, não havendo castigo, sendo esse escorrer a essência do Uno, pois tudo flui. Ao afirma que tudo flui e nada permanece, Heráclito parece antecipar o título da obra mais célebre de Martin Heidegger, pois ser é tempo. Heráclito também irá se contrapor à tese do imobilismo do Ser formulada pelos Eleatas, bem como à imutabilidade dos átomos, conforme à tese atomista, e ainda aos números-arquétipos pitagóricos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home